Antonio na redinha 5m

Melhorando o sono de nossos filhos

Assim como cuidamos de nossa higiene pessoal para não contrair doenças, precisamos cuidar da “higiene do sono” para garantir um descanso adequado para todos no lar. Quando os problemas aparecem é importante dar uma boa avaliada na rotina geral, se pergunte:

Como andam as atividades? seu filho ou filha faz coisas ao ar livre, toma sol? Se exercita ou é estimulado de forma adequada para sua idade (senta, brinca, corre, pula, desenha)? Ele gasta sua energia como deve ser?

Lembre que o sol é um amigo, ele ajuda organizar nosso relógio biológico e regular o metabolismo de muitos hormônios, incluindo os que regulam o sono. É importante que a criança tenha contato com as mudanças de luz naturais para que seu organismo encontre um ritmo de sono-atividade naturalmente. Se ele não toma sol regularmente, é uma boa hora para começar mudando as atividades ao ar livre, nem que seja apenas uma pequena caminhada no final da tarde ou começo do dia. Sair para comprar o pão do café da manhã junto está valendo!

20160319-P1320100

A criança assiste TV/DVD ou fica em ambientes com esses aparelhos ligados continuamente? Seria uma boa hora para limitar a exposição a eles. TV e similares são altamente estimulantes para crianças, eles carregam demasiada informação para o cérebro ainda em formação de seu pequeno. Tente substituir o tempo na TV/DVD ou computador por brincadeiras, atividade física, leitura de livrinhos, historinhas, passeios, desenhar com giz, pintar com guache, ajudar com os afazeres domésticos,  etc. É BEM provável que a irritação diminuirá apenas diminuindo o tempo de TV!

As sonecas diurnas como andam? Dependendo da idade podem ser necessárias varias sonecas diurnas. Existem períodos que muda o padrão de sonecas, essas fases podem ser um pouco mais complicadas, por isso é importante ficar atentos. Observação é a chave, se você percebe irritação e choro sem motivo aparente em qualquer horário pense que pode ser cansaço e coloque para dormir. Lembre que um bebê que descansa bem de dia, dorme melhor à noite. Não se esqueça do efeito vulcânico do sono, ele é tão válido aos 3 anos quanto é no recém nascido. Veja quanto deveria dormir seu filho aqui

A alimentação em geral como é? Tem certeza que os alimentos e o aleitamento estão suprindo a demanda energética adequadamente? Quando os bebês começam engatinhar e andar é interessante dar uma incrementada nos lanches e jantar. Cairia muito bem na janta ou ceia, alimentos de baixo índice glicêmico, aqueles que demoram a ser processados e por isso oferecem a sensação de satisfação por mais tempo, por exemplo, carnes, cereais integrais, gorduras boas como as do azeite de oliva, abacate, nozes, castanhas etc. Se seu bebê  janta muito cedo, uma ceia leve pode ser uma boa estratégia.

E a qualidade como está? Será que está oferecendo muitos açúcares refinados ou industrializados? Seu filho consume sucos de caixinha, bolos biscoitos, bolachas de pacote, Danoninho, Mucilon, Nescau, sorvete, balas, etc? Os açúcares em excesso sobre carregam o seu bebê de energia que precisa ser gasta de alguma forma, e para isso precisa de atividade, nem que essa atividade seja lutar contra o sono. Lembre que a recomendação de todos os órgãos de saúde competentes é não oferecer nada de açúcares industrializados até depois dos 2 anos, e mesmo após essa idade se é oferecido,  deve ser de forma limitada. Talvez seja uma boa hora para rever a alimentação do seu filho e de toda a família, cortar industrializados e prestar atenção na qualidade dos alimentos oferecidos.

BLW

Se está na alimentação complementar, atenção ao bebê que come “bem demais” e começa substituir o leite materno (ou sua fórmula infantil) por alimentos precocemente, isto pode desencadear um aleitamento em ciclo reverso, ou seja, tomar a noite todo o leite (materno ou fórmula infantil) que deixou de tomar durante o dia. Lembre que até um ano o leite é o principal alimento de seu filho, e os alimentos é que são complementares. Ele está amadurecendo a capacidade do sistema digestivo de absorver os nutrientes dos outros alimentos diferentes ao leite, você já deve estar acostumada a identificar as refeições de seu filho pelo cocô certo? isso acontece porque ele ainda não está digerindo tudo que come. 

 

images

Ele está em creche período integral? Você trabalha de dia? Houve mudanças importantes na rotina da casa? Considere também a ansiedade gerada pela separação, lembre que ela começa por volta dos 8 meses (ou às vezes antes) e se apresenta em picos de diferente intensidade até uns 2-3 anos. O bebê sente medo físico de perder você ou ser abandonado, o que o obriga a acordar diversas vezes para se certificar que você ainda está com ele. O desmame noturno nesse caso é desaconselhado, ele pode significar desmame total se seu bebê passa o dia longe de você. Veja aqui dicas para atenuar a angustia de separação

Por último, não esqueça que seu filho não é anormal por acordar durante  noite e madrugada, pelo contrário, esse comportamento é natural, apenas precisa de atenção quando essas acordadas noturnas frequentes atrapalham o descanso real dele e o seu. Ter uma noção real do sono dos bebês e expectativas reais é a melhor forma de evitar ficarmos apavoradas com os problemas de sono, muitas vezes nem é o sono ruim, mas a frustração de não conseguir fazer conforme tudo mundo fala que deveria ser.

Veja mais:

O sono dos bebês

Quanto deve dormir meu filho?

Onde devem dormir nossos filhos?

O quê fazer quando só dormem no colo?

Desassociando o sono da sucção em 6 etapas

Precisa ajuda com o sono?

A consultoria Mães com Ciência pode ajudar. Saiba como funciona aqui ou  Agende uma consulta virtual aqui

Texto original de Zioneth Garcia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s