7 dicas para enfrentar a tarefa de criar irmãos

Conviver com um irmão ou irmã é uma ferramenta de aprendizagem inestimável. O processo de autoconhecimento é mediado constantemente pelo reconhecimento do outro. O comportamento social se aprende em comunidade, na medida que o bebê cresce vai descobrindo as regras e limites que tem as outras pessoas no seu convívio. Essas regras e limites também emergem dentro de cada um de nós, na medida que se divide o mesmo espaço de convivência e somos testados pelo outro. É normal explorar os limites do outro, ao tempo que o outro experimenta com os nossos. Irmãos que convivem sob o mesmo se desafiam constantemente um ao outro, e conforme crescem aprendem a respeitar e amar as particularidades mutuamente. Não vou negar que esse processo, apesar de lindo, pode ser bem cansativo, emocionalmente pode ser exaustivo. Então quero lhes deixar a seguir algumas dicas para enfrentar a tarefa de criar irmãos de forma mais tranquila 

1- Reconheça semelhanças e diferenças entre as crianças, personalidade, gostos, preferências. Onde tem pontos comuns você poderá congregar, e usar para reunir e fortalecer a parceria entre irmãos. Onde tiverem divergências poderá planejar para estimular o apoio mútuo, garantindo que cada um tenha a oportunidade explorar as partes mais peculiares de sua personalidade.

2Não tome partido por nenhuma das partes. Seja o mais imparcial possível ao mediar o conflito. Você deve ser um juiz e conciliador. Se o conflito é por um objeto, retire o objeto. Se o conflito é por um lugar, retire ambas crianças do local. 

Foto por Pixabay em Pexels.com

3- Tenha regras claras, de convivência e acesso a recursos ou espaços disponíveis. Estabelecendo as consequências de quebrar essas regras, de forma ainda mais claras. O que acontece se mexe nas coisas do outro? Se toma os brinquedos ou material escolar do irmão sem sua permissão? Que acontece se não permite que o irmão sente junto no sofá? 

4- Não releve a agressão em nenhuma situação. Tome uma atitude de imediato, e se preciso estabeleça novas regras e consequências. Sem importar a causa da agressão, freie o comportamento agressivo, seja gritar, usar palavrões, ou bater, imediatamente, se afastando com o agressor até que consiga se acalmar. Veja como lidar com comportamentos violentos.  

5- Permita que cada criança tenha seu espaço, um local onde possa ir para se acalmar ou simplesmente brincar sozinho, será um local onde você conseguirá manter os separados no caso de conflito. Se eles compartilham o mesmo quarto, procure dois locais cômodos diferentes da casa. Um na garagem, aquele que gosta de andar em triciclo, e outro na lavanderia, onde poderá mexer com potes e água, por exemplo. 

Foto por Jessica West em Pexels.com

6-  Evite obrigar compartilhar com o irmão. Tenha os brinquedos de cada um, respeitando classificação etária, com o local próprio para guardar.  Assim, cada um será responsável pelo seu brinquedo e sua bagunça. Também, tenha brinquedos comuns, guardados em locais comuns, que serão da responsabilidade de ambos. Escolha jogos e brinquedos para deixar nas áreas comuns que convidem à brincadeira em grupo: louças, panelinhas, jogos de grupo, etc.

7- Incentive a empatia e o cuidado entre irmãos, ajudando as crianças reconhecer os estados emocionais no outro e em si mesmo. Eles percebem quando algo está acontecendo com o irmão ou irmã, e precisam uma explicação. Dessa forma vão aprendendo não apenas reconhecer o outro, senão também a si mesmo. Você sabe quando seu filho está irritado por não dormir bem, então conte ao irmão, para que nesse dia ele tenha um pouco mais de paciência. Ou então, compartilhe a felicidade que o irmão sentiu ao marcar um gol. Compartilhar sentimentos, emoções, boas e não tão boas, vai ajudar criar o clima de camaradagem que todos gostaríamos ter com nossos irmãos e ver em nossos filhos. 

Precisa ajuda?

A consultoria Mães com Ciência pode ajudar com o sono, desmame , desfralde e educação positiva.  Saiba como funciona aqui ou  Agende uma consulta virtual aqui

Texto original de Zioneth Garcia

Veja também

O desafio de criar irmãos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s