Regras básicas para visitar o recém nascido (que não é o primeiro filho)

A chegada de um bebê é na maioria das vezes motivo de felicidade, curiosidade e emoção  para todos na família e círculo de amizades. Já é bem comum nas visitas aos recém nascidos ignorar a mãe, mas nós mães somos adultas e entendemos. Apesar de ficar com aquela sensação de ter sido apenas o forno ou reservatório da joia adorada por todos, conseguimos lidar com isso, o orgulho de ter gestado aquele ser maravilhoso pode ser suficiente. Mas quando o bebê recém nascido não é o primeiro filho, temos os irmãos maiores para nos preocupar,  sejam bebês, crianças ou até mesmo adolescentes.

Um novo ser em casa demandando 100% da atenção dos seus pais, que até pouco tempo atrás lhe pertencia, já é suficientemente estressante para os filhos maiores. Então, chega a visita morrendo de curiosidade para ver a carinha do recém nascido e descobrir com qual parente parece mais, e simplesmente ignora o fato que existem outras crianças em casa que podem se sentir excluídas. Como mãe de dois que já passou por isso, vou deixar algumas sugestões para quem visita o recém nascido que não é o primeiro filho:

Dez dicas para visitar o recém nascido que não é primeiro filho

1- Por favor, ligue antes de ir e verifique qual seria o melhor horário para sua visita. Se você tem intimidade com a mãe, se ofereça para ir em algum horário crítico no qual sua presença possa ser bem aproveitada para realizar alguma atividade cotidiana importante. E esteja disposto a ficar com as crianças mais velhas enquanto a mãe come ou dá banho no RN por exemplo.

20140414_205119-3

2- Sabendo o horário bom PARA A MÃE, não espere chegar e encontrar um banquete à sua espera, mãe de dois (ou mais) mal tem tempo de comer (e frio), então nem espere que lhe ofereçam nada, não é má educação, pode ser que simplesmente não tenha nada mesmo, melhor se prontifique e leve alguma comida bem gostosa para todos. Vai depois de almoço? Leve uma sobremesa, se for a preferida do filho maior melhor ainda (a mãe vai morrer de amor por você, garanto!).  Vai na hora do café da tarde? Então arruma um cafezinho da tarde, uma passadinha na padaria antes de chegar para comprar uns pão de queijo, frutas, suco, etc, coisas que dão para chegar e servir. E sim! Não ache estranho que provavelmente você terá que se servir, e ainda servir as crianças mais velhas e a mãe.  

3- Nem se preocupe com presente, provavelmente o novo bebê já tem coisa de sobra (tudo o que a mãe guardou dos irmãos). Melhor capriche no cafezinho, com crianças em casa difícil sobrar alguma coisa para a mãe comer fora de hora ( e amamentando dá uma fome do cão!). Mas se você fizer questão de presentinho, então LEMBRE do irmão ou irmãos mais velhos, não precisa dar nada caro, só uma lembrancinha já está de bom tamanho. Dica: livros, livros de colorir são sempre bem vindos e são baratinhos.

4- Ao chegar cumprimente, se o filho maior estiver em casa é bem provável que seja ele quem abrirá a porta para você, então cumprimente os filhos mais velhos  e a mãe ANTES de se dirigir ao recém nascido, mesmo que a criança maior nem lhe responda. Não fique chateado se isto acontecer, é tão comum as crianças serem ignoradas que não é raro elas simplesmente se isolar e ignorar o visitante porque sabem que a visita não é para elas. Se você trouxe uma lembrancinha para o filho mais velho então é uma boa hora para entregar e quebrar o gelo; se trouxe aquela sobremesa que ele ama então mostre que você se lembrou dele! Vai ver como a postura da criança muda. Pode também pedir ajuda do irmão mais velho para que lhe mostre a cozinha e o lugar das coisas, para deixar o lanchinho que trouxe para todos.

3 sem_2

5- Não precisa perguntar para a criança mais velha se está sendo legal ser irmão maior, provavelmente ela já ouviu essa conversa milhares de vezes (e se ela for bem sincera vai dizer Não e você vai ficar sem graça!) . Melhor pergunte da escolinha, do brinquedo favorito, da brincadeira favorita, da nova cicatriz ou qualquer outra coisa que seja do interesse dela que não tenha nada a ver com o irmão mais novo. Se não rola conversa então lhe conte alguma coisa legal que tenha acontecido com você que possa interessar à criança, tem cachorro novo? Pulou de paraquedas? Andou de kart? Conte e mostre as fotos.

6- Por favor, pelo que você mais ama, NÃO PERGUNTE SE O MAIOR ESTÁ COM CIÚME! É a pergunta mais clichê, é chata não apenas para a mãe, mas para o filho mais velho. A criança nem ao menos entende o que é ciúme, ela só sabe que tinha 100% de atenção dos pais e agora tem que dividir. Quem não ficaria ao menos desconfortável com essa situação? Então convenhamos, a pergunta sobra.

7- Mesmo que você for num horário no qual as crianças mais velhas não estão em casa, lembre delas e deixe alguma coisa para elas. Se você levou comidas, frutas ou que for, então separe a parte dos filhos maiores (mães amamos quando se lembram de nossos filhos com esses pequenos detalhes).

8- Se for hora de amamentar, espere, fique, não vá embora! Que tal se oferecer ficar e distrair a criança mais velha enquanto a mãe oferece o peito ao filho mais novo. Se tiver como, leve a criança mais velha para brincar no parquinho um tempinho, ou então peça para a criança lhe mostrar o brinquedo favorito e brinque um pouco com ela, nessa hora vale até joguinho de celular. Ainda leve para ela um copo gigante de água (amamentar dá uma sede absurda!).

bebe-com-ciumes-do-irmao-26013

9- Se prontifique deixar tudo organizado novamente após o cafe. Só deus sabe quando que os pais vão ter tempo de ajeitar aquela bagunça que ficou. Então uma mãozinha é sempre bem vinda. Pelo menos jogar o lixo no lixo já ajuda!  

10- Se for hora da soneca do mais velho aí sim, melhor dar um tchau. Mais que a hora de mamadas e sonecas do recém nascido a mãe de dois ( e principalmente quando o primeiro é bebê ou criança pequena ainda) foca muito na soneca do mais velho, porque nessa hora que a gente realmente descansa.

Bônus: Não é demais lembrar que está visitando uma mãe que já passou pela experiência de ter tido um recém nascido em casa, então nem precisa se preocupar pelos conselhos e pitacos. Guarde-os para si.

Precisa ajuda?

A consultoria Mães com Ciência pode ajudar com a preparação para chegada dos irmãos, o sono, desmame , desfralde, ajustes na amamentação e educação positiva.  Saiba como funciona aqui ou  Agende uma consulta virtual aqui

Texto original de Zioneth Garcia

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s