Entenda o retrocesso do sono dos 4 meses

Seu bebê dormia tão bem, fazendo ciclos de 4-6 horas seguidas de sono durante a noite, mas de um dia para outro, lá pelos 4 meses,  algo mudou e as noites começaram apresentar despertares frequentes. Você já escutou falar do retrocesso ou regressão do sono dos 4 meses? É uma fase na qual o amadurecimento do sistema de percepção sensorial e o sistema neurofisiológico regulador do sono, trazem grandes desafios ao sono da família. Então me acompanhe a seguir,  vou explicar o que acontece nessa fase.

Nossos bebês nascem com sentidos limitados, o desenvolvimento do cérebro continua acelerado a partir do nascimento, aprimorando a visão, o ouvido, o tacto, os movimentos das mãos. O bebê recém nascido não enxerga muito além de 30 -40 cm na frente de seu nariz, apenas o suficiente para reconhecer a sua mãe, na medida que vai crescendo, cores, silhuetas, sons vão se revelando à sua frente. Por volta de 3-4 meses os sentidos já se encontram aprimorados o suficiente para  explorar o ambiente, deixando de lado as mamadas para observar e descobrir o novo mundo de cores, texturas e sons.

Foto por Daria Shevtsova em Pexels.com

Aquele bebê de 2 meses que facilmente dormia por 5-6 horas seguidas durante a noite, tinha uma barriguinha em crescimento, com uma capacidade maior ao seu consumo energético, o que lhe conferia uma autonomia noturna maior. Agora o mesmo bebê, com 3-4 meses, é mais ativo e sua barriguinha acompanha seu gasto de nutrientes, com isso, precisa mamar mais e melhor. O que pode ser difícil, principalmente quando o mundo todo é uma distração.

A estimulação do ambiente começa brigar com a necessidade de descanso, é a fase de grandes saltos de desenvolvimento, cada dia uma novidade: quer conversar, agora agarra tudo que passa na sua frente, grita, vira, desvira, quer sentar, não tolera ficar de barriga para cima e prefere sempre ficar olhando para frente, para ver o que você está olhando. As rotinas bem estabelecidas com o bebê de 2 meses, se perdem, agora ficam mais tempo acordados e a hora certa de dormir pode ficar confusa. Com isso, temos um bebê mais cansado, que fica mais irritado e mama com menor eficiência durante o dia. Ao anoitecer, chega o pico fisiológico da produção de melatonina (a famosa hora da bruxa), se o bebê teve um dia cansativo, com sonecas curtas ou inexistentes, e um aleitamento pouco eficiente,  a noite já começa com um alto grau de estresse, que irá se refletir madrugada a dentro, com uma compensação do aleitamento (mamando mais vezes) e do estresse (precisando mais sucção não nutricional para relaxar).

Photo by Bingo Theme on Pexels.com

Todas essas novas informações que estão sendo recebidas pelo cérebro do bebê, e elas devem ser processadas, o que acontece durante o sono. É na fase do sono REM que acontecem os processos de aprendizagem e memoria. Com mais ciclos de sono por noite, o cérebro do bebê atravessa mais vezes por noite pela fase de sono REM. Mais ciclos de sono significam maiores chances da mãe ou pai serem requisitados para ajudar o bebê recomeçar o ciclo de sono, uma vez que ele precisa se sentir novamente protegido e seguro, para relaxar e dormir de novo.

Por volta das 12-14 semanas de vida, aumenta a produção de melatonina pelo organismo da criança, com o que passa não depender tanto, em nível fisiológico, do organismo da mãe para a regulação do sono. Porém, ainda está em via de amadurecimento e ainda precisará de muita ajuda dos adultos que reconhece como figuras de apego, para relaxar e voltar a dormir no meio da madrugada. Na medida que o bebê aprende reconhecer e firmar sua relação com o ambiente, se sentindo seguro no local onde dorme, e estando satisfeito nutricionalmente, vai poder voltar dormir sem precisar ajuda.

Então, estamos condenados a dormir mal enquanto temos um bebê de 3-4 meses em casa? A resposta é NÃO, é importante entender a fase e dar atenção ao aleitamento, modular a estimulação ao longo do dia, e oferecer mecanismos de relaxamento que atendam as necessidades particulares do bebê a cada dia.

Veja também


O sono dos bebês

O sono das mães

Meu bebê está mamando menos de dia e acordando mais a noite… e agora?

A melatonina e o sono

Acompanhamento profissional para os problemas de sono das crianças

Precisa ajuda?

A consultoria Mães com Ciência pode ajudar com o sono, desmame , desfralde, ajustes na amamentação e educação positiva.  Saiba como funciona aqui ou  Agende uma consulta virtual aqui

Texto original de Zioneth Garcia – Editado 14/12/20

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s