Dicas para facilitar o desfralde noturno

Seu pequeno ou pequena alcançou com sucesso o controle de esfíncteres de dia, conseguiu com um pouco de esforço o cocô no vaso, mas ainda precisa usar as fraldas a noite se não virá um grande molhado. Então fique de olho nessas dicas para ajudar a criança alcançar o tão sonhado desfralde noturno.

1- Observe e monitore a frequência de xixi a noite após que a criança vá para cama,  se tem escapes de xixi muito frequentes, não tem muito que possamos fazer além de esperar a produção natural do hormônio antidiurético começar. Ao dormir o corpo se relaxa, com o que o controle voluntário que ele está treinando e exercitando de dia não vai funcionar, é preciso alcançar a sincronia hormonal que permite que a urina seja concentrada a noite. Apenas reforce as atividades físicas que exercitem as pernas e especialmente a pélvis: correr, pular, escalar, dessa forma você ajudará tornar o assoalho pélvico melhor tonificado e capaz de segurar o peso de mais xixi na bexiga. Quando os xixis noturnos estejam bem espaçados ou comecem se tornar  ausentes frequentemente então é a hora de deixar a fralda.

2- Converse com a criança sobre o novo passo que irão dar, a desafie e incentive positivamente, comece com pequenos passos. Se ainda tira soneca de dia, comece retirando a fralda da soneca, depois desafie-a acordar de fralda seca, pode ser levantando sozinha ou chamando você para  fazer xixi a noite, e só então retirar a fralda definitivamente. Aproveite situações como acabar o pacote de fraldas para incentivar essa mudança. Mas lembre de ter calma, expectativas muito altas acabam atrapalhando, vai ter xixi na cama ainda por um tempo.

Resultado de imagem para capa de colchão de solteiro impermeavel

3- Proteja o colchão com uma capa impermeável e se prepare com vários lençóis e roupas de dormir, deixe-as prontas para troca em caso de acidente, em um lugar que seja accessível mas que não seja tão óbvio. Não queremos transmitir desconfiança à criança, mas sabemos que acidentes ainda vai ter por um tempo.

4- Controle o consumo limitando os líquidos perto da hora de dormir, evitando o consumo de grandes volumes pelo menos 1h30 min antes da hora de dormir. Ofereça bastante água e líquidos durante o dia, especialmente se for um local muito seco. Mas, caso sinta sede perto da hora de dormir permita que a criança tome goles de água e não mais copos cheios. Se ela costuma tomar leite antes de dormir estude a mudança de rotina, passar oferecer esse leite pelo menos 1 h antes de efetivamente ir para cama, no lugar de ser no meio do seu ritual de sono, que seja o começo dele; ou mesmo trocar esse leite pro um pequeno lanche ou ceia mais solido um pouco antes de iniciar o a rotina de sono noturna. E é claro, estimule o tempo todo sobre a importância de fazer xixi várias vezes antes de dormir, e como isto lhe ajudará prevenir o xixi na cama a noite.

5- Garanta o bom descanso. O desfralde noturno não deve atrapalhar o sono da criança, a prioridade é dormir bem. Se a fralda não está segurando mais o xixi e acordam com o molhado no meio da noite, você pode observar o ritmo dessa anureses noturna e os ciclos de sono da criança, se sente que se mexe ou resmungou perto do horário que sempre tem xixi, levante e leve ao banheiro, dormida mesmo, sente a criança na privada colocando os braços dela ao redor de seu pescoço, e faça uma leve pressão na base das costas sussurrando faz xixi – SSSSS  no ouvido, mesmo para meninos leve-o fazer xixi sentado, sem acender luzes nem ficar conversando, costuma ser menos estimulante que troca de pijama e lençol. Mas se não fica confortável com a ideia, você pode usar fraldas maiores, tamanho adulto,  para evitar vazamentos. A ideia é parar de trocar pijama e roupas de cama toda madrugada, o que pode acabar com seu sono e o de seu filho (a). Lembre de conversar com a criança para decidirem juntos qual estrategia irão usar.

6- Use a rotina, e se tem, use a rotina desenhada como ferramenta (se não tem veja como fazer aqui ). Fazer xixi deve ser a última coisa que a criança faz antes de se deitar para dormir, se ela é das que deita e levanta várias vezes antes de dormir de vez, então garanta que a última coisa que ela faz sempre que levanta e volta deitar é xixi. Não se trata de obrigar, mas de persuadir com conversa. Estimule as noites sequinhas com reforço positivo, de manhã pode contar os dias seguidos nos que não houve acidentes e elogiar a forma como ele cresceu e vem se comportando a noite. Não precisa usar adesivos nem recompensas, para a criança a melhor recompensa o orgulho do desafio superado, e saber que sua mãe e pai se orgulham dele por ter conseguido.

Resultado de imagem para xixi de pijama criança

7- Sejam compreensivos, recaídas acontecem, todo mundo já fez xixi na cama alguma vez, então dê um desconto para seu filho, ele vai ficar constrangido, vai precisar de muita compreensão e de bastante ajuda para  lembrar de fazer xixi a noite e acertar rotina acordo às possíveis mudanças. Quando o acidente noturno acontecer, incentive ele levar o lençol para lavar, tomar banho logo cedo para tirar o cheiro de xixi, e abrir as janelas para deixar o colchão respirar, ele deve participar do concerto da situação, mesmo que o xixi na cama seja involuntário, a reparação faz parte do processo.

Preste atenção se o clima esfria repentinamente, o pé gelado é batata para xixi na cama! nesse caso coloque meias, pijamas quentinhos e prenda as cobertas sob o colchão para garantir que a criança ficará bem quentinha a noite. O maior consumo de líquidos durante o dia (por calor excessivo por exemplo) também favorece o xixi na cama, nesses dias dar mais atenção ao banheiro e convidar ir mais vezes é uma boa ideia.

Um sono mais pesado por estar mais cansado que o normal ou  esquecer de fazer xixi antes de dormir também pode terminar em xixi na cama, levar ao banheiro mesmo que dormida pode ajudar bastante nesse caso. Outras situações como casa nova, viagens, visitantes, entre outras podem favores os acidentes noturnos, então tenha calma, identifique a causa e trabalhe na segurança da criança.

Caso a enurese noturna permaneça acima de 5 anos, e mantenha uma frequência maior à de 3 – 4 vezes por semana, é importante procurar ajuda profissional, pode ser preciso uma avaliação integral, que incluía urologista pediátrico, acompanhamento psicológico e fisioterapia pélvica.  

Precisa ajuda?

A consultoria Mães com Ciência pode ajudar com o sono, desmame , desfralde e educação positiva.  Saiba como funciona aqui ou  Agende uma consulta virtual aqui

*Texto original de Zioneth Garcia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s