Relato de caso: retirada gentil da chupeta

Esse relato foi escrito pela Camila Donati, acompanho ela já faz um tempinho, inicialmente com o sono, depois veio a preparação para chegada do irmão, o sono do segundo filho, e agora o final do ciclo da chupeta de seu primogênito. O relato foi compartilhado inicialmente na conta de instagram da Camila, e trago para vocês com a autorização dela, tal qual ela o publicou a seguir:

-Sobre o “desmame da chupeta”: hoje faz 6 dias que finalizamos o processo de desmame da chupeta do Bê e posso dizer que foi muito mais fácil e menos doloroso do que eu imaginava!  Como em todas as grandes mudanças da vida dos meninos (escolinha, mudança de quarto, chegada do irmão, etc.), eu contratei a Zioneth (@maescomciencia.insta) para me ajudar a entender como eu poderia fazer isso da maneira mais gentil e empática possível! . Ela criou um plano de 9 etapas, que nós seguimos nos últimos 2 meses, com a intenção de trabalhar o amadurecimento do Bernardo como um todo, para que ele entendesse o que estava acontecendo e tomasse a decisão de entregar a chupeta, sabendo que o papai e a mamãe estariam com ele para dar todo o suporte emocional que ele precisasse!

A primeira etapa foi ter uma conversa franca e madura, contar o que a chupeta estava fazendo com os dentinhos dele e explicar todo o processo que iríamos começar! E assim fizemos e ele nos surpreendeu com o grau de entendimento! Se a Zioneth não tivesse me orientado dessa forma, talvez eu não tivesse tido essa com essa com ele achando que ele ainda era muito novo para compreender (gratidão eterna, Zio!).

Em seguida percorremos um longo caminho de mudança de rotina (trocar mamadeira por copo, escolher apenas 1 chupeta, etc) e a criação de uma autoimagem fortalecida de MOCINHO nele, que passou a trocar de roupa sozinho, tomar banho sozinho com supervisão, ajudar o irmão, escovar os dentes sozinhos, etc… montei, inclusive, um álbum de fotos dele bebê chupando chupeta e depois, quando ficou mocinho, sem chupeta e fazendo tudo o que ele ama: andar de bicicleta, patinete, etc… para deixar a mensagem clara de que ser mocinho é MUITO LEGAL! Enfim… foi um lindo processo! Curtimos cada etapa! E foi impressionarem a evolução e o amadurecimento dele nesses 2 meses! Até que ele se comprometeu a dar a chupeta pro quaquá e eu ajudei a criar todo o ambiente pra isso: pensei no ritual, registrei em vídeo para ele poder relembrar, enfim… E FOI!!!

Confesso que foi mais difícil o processo intermediário, principalmente porque o Bê é muito sensível e em um determinado momento, quando ele se comprometeu a dar a chupeta pro quaquá pela primeira vez, ele ficou muito tranquilo e animado! Falava sempre disso! Até que um dia ele disse: aí eu vou dar a chupeta pro quaquá e pegar outra na cozinha, né mamãe?  No dia seguinte eu fui com ele escolher uma única chupeta pra ficar e jogar todas as outras chupetas da cozinha pro “caminhão de lixo”, que ele ama! Depois disso ele entendeu que ia acabar e começou a chorar enquanto dormia! Ele não abria os olhos, só começava a gritar em desespero, umas 4x por noite! Até que depois de uns dias, em um desses episódios eu falei baixinho no ouvido dele: filho, a chupeta é sua, pode chupar tranquilo, você ainda não vai entregar ela pro quaquá, é sua! E ele não teve mais nenhum episódio desse ! Foi preciso ter muita empatia.

Depois de algumas semanas, quando eu senti que ele estava pronto, retomamos o assunto é ele se comprometeu! Dessa vez foi pra valer e o resultado ficou registrado em vídeo (disponível no instagram @camila.donati) : um menino calmo, decidido, seguro, entregando a chupeta pro quaquá! No mesmo dia saímos para comemorar, afinal, mocinhos podem sair à noite com o papai e com a mamãe e foi a finalização desse rito de passagem! Foi a comemoração merecida da maturidade adquirido! Depois disso, tivemos 2 noites médias, mas a partir da terceira noite ele não mais acordou e já aprendeu a adormecer de outras formas .

A lição que fica pra mim é que é possível fazer tudo com empatia e respeito! E depende muito mais de nós, adultos, de criarmos esse ambiente seguro, transparente e empático! Meu mocinho? Ahhhhhhh ele merece uma grande salva de palmas pelo amadurecimento do processo e por como lidou com isso, afinal, foi ele quem “perdeu” algo de muito valor e me ensinou MUITO! Te amooooo, meu filho! 

@fernandopaivacoach, um agradecimento muito especial pra você, por ser esse pai 
incrível e por ter passado TANTA segurança para o nosso pequeno! Amamos você!

Emocionante certo?!
Obrigada Camila por me permitir compartilhar essa linda experiência com muitas mais famílias.

Precisando ajuda ?

A consultoria Mães com Ciência pode ajudar no sono, amamentação, desmame, desfralde e educação positiva. Saiba como funciona aqui ou  Agende uma consulta virtual aqui.

*Texto de  Zioneth Garcia

Encontre outros depoimentos de famílias que fizeram o acompanhamento Mães com Ciência aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s