A maternidade e seus poços

Neste texto vou trazer uma metáfora que simboliza uma visão sobre a maternidade bastante profunda, trazida para nos por minha amiga Thaiane Caetano 

A maternidade e seus poços

Por Thaiane S. Guerra Caetano

Assim como muitas trajetórias da vida, nós passamos pelo mundo maternal na
absoluta solidão. Você pode ter um companheiro maravilhoso, uma família
próxima e um equipe de profissionais empáticos, mas este caminho se trilha
sozinho. E eu vejo que esta jornada tem muitos caminhos tortuosos e alguns poços desafiadores, nos quais precisamos entrar e viver, em cada um deles. Estes poços são únicos para cada mulher, ou seja eles se diferem para cada uma.

Desde o inicio da gestação brotam sorrateiramente alguns poços na vida da mulher. O primeiro de todos é o poço da alegria ou da tristeza, e as vezes
até ambos. O poço é o mesmo, mas para algumas mulheres ele é claro e raso,
e para outras ele pode ser profundo e negro. Aparecem outros poços, o do
medo, o da ansiedade, da expectativa, do enjoo, do nojo. Alguns são leves
de se entrar, outros podem ser extremamente profundos e angustiantes, as mulheres que experimentam um poço profundo do enjoo aprendem logo cedo que
o caminhar na gestação pode ser longo e solitário. As pessoas tentam
ajudar, mas o mal estar te persegue dia e noite e na verdade o único fator
que realmente cura este poço é o tempo.

12642621_786738328136725_4470979177640700554_n
E assim passamos nossa gestação, por vezes entramos no poço da alegria,
algumas vezes no do medo, tem o dos desconfortos e do sono. E todos estes
poços solitários nos levam a treinar para o maior de todos eles, o poço do
PARTO!

E ali em sua solitária companhia ela permite brotar a confiança mais sincera
que mora dentro de si afinal ela precisa acreditar pra sair daquele poço. E
ela se deixa cair, e ela se permite não enxergar, inerte, sem forças, exausta, entregue, sensações desconhecidas tomam conta de seu corpo e de sua mente, e ela se rompe por completo, se começa a tentar controlar a queda, as sensações se intensificam, a queda é incontrolável, até que o silêncio toma conta de seus ouvidos, a loucura está próxima, e por fim seus pés tocam o o chão.

12669721_786738374803387_7062987292572158337_n
E ali vem a certeza de que há uma forma de sair daquela profundidade, e ela começa a fazer força, bate os pés no chão e se agarra as paredes escuras,
sobe um pouco e cai, mas não desiste, não tem como desistir. Então tenta
novamente e cai, e mais uma vez e cai, até que aprende a subir, e com uma
força desconhecida ela se agarra as paredes do poço e sobe, olha pra cima e
vê uma pequena brecha da luz do sol, e sobe mais, e começa a ouvir a musica
e a voz das pessoas, e a se sentir tocada novamente. E o sol aquece seu
corpo, e ela percebe que está acordada e ativa, e antes sozinha, agora ela
sai acompanhada, por ela mesma e pela pequena alma que ela foi retirar de
suas próprias profundezas.
Sim, ela precisou passar por todo o medo e dor para se partir e duplicar.
Caminhou sozinha, mergulhou em si e conseguiu emergir com seu pequeno bebê nos braços. Algumas mulheres vão precisar de ajuda dentro deste poço, algumas vão precisar de uma lanterna pois o escuro pode ser totalmente torturante a elas, outras precisarão ser resgatadas quando seus poços se tornam perigosos demais para elas. Mas o aprendizado, e a escuridão toca a alma de todas as mulheres que adentram nesta jornada, e não tem como saírem iguais, mudanças irreversíveis acontecem nesta escuridão.

Texto de Thaiane Guerra Caetano , escrito originalmente para Geração Mãe.

20245467_1989922614367100_258120467685675941_n

Thaiane S. Guerra Caetano
Mãe do Nico e do Henrique
Enfermeira Obstetra atuante no Instituto Geração Mãe
Pós graduanda em Medicina Tradicional Chinesa
Especialista em Urgência Emergência e Terapia Intensiva
Formada em Hipnose Clínica
Consultora em Aleitamento Materno e Babywearing.

Atendimento Instituto Geração Mae:  Av. California, 678 – Ribeirão Preto / SP. Tel: (16) 3236-7655

Precisa ajuda?

A consultoria Mães com Ciência pode ajudar com o sono, desmame , desfralde, ajustes na amamentação e educação positiva.  Saiba como funciona aqui ou  Agende uma consulta virtual aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s