Relato de caso: desmame noturno na perspectiva da mãe

Esse é o relato que recebi da mãe após a primeira noite do final do processo de desmame noturno. Ela fica sozinha com o bebê (1ano 3 meses) de segunda a sexta, o pai trabalha em outra cidade e volta sexta a noite.

Após várias semanas ajustando a rotina diurna, manejo do choro e fortalecendo o vínculo entre pai e bebê. A mãe estava com dificuldades para desvincular o seio do sono noturno. Depois de ter dois episódios de extremo estresse e perda de controle detonados pelo cansanço acumulado, decidió por encarar a fase final do desmame noturno no carnaval, para aproveitar a presencia do pai. A seguir o relato que ela me enviou e autorizou compartilhar.

Noite do dia 09 para dia 10 o pai deu banho, troquei, lemos livros juntos (Papai, mamãe e bebê), pediu tetê para dormir. Mostrei na janela que estava noite, que a lua e as estrelinhas estavam lá, que as galinhas e os passarinhos estavam dormindo, que quando o sol aparecesse na janela e ficasse claro, era hora de mamar de novo. Mamou os dois peitos, deu tchau para os tetês. Cantamos e dormiu na rede. Fui tomar banho e vesti a camiseta do papai. Eu ia tentar não dar de mamar quando ele acordasse.

Desmame

Acordou, fui para rede com ele, balançamos abraçados e dormiu de novo. Não me comuniquei com ele. Neste momento, me senti serena e pronta para ir uma acordada por vez, acolhendo com carinho, tranquilidade e segurança. Praticamente passei a noite na rede com ele, mas eu estava em paz e não me irritei nem por um segundo. Quando despertava, eu o mudava de posição, ele reclamava, eu o ninava, às vezes quando despertava um pouco mais, eu cantava “nanar com a mamãe….”, e ele adormecia novamente.

O máximo das reclamações com chorinho, duravam 2 minutos. Umas 3 da manhã (acho), quando despertou mais, o levei, no escuro, até a cozinha e tomamos água. Ele tomou um copão! Voltamos para o quarto, mostrei de novo a janela, que ainda estava noite e tals…. fomos para rede, balançamos e ele deu tchau pro tetê sem ao menos mamar, sem ao menos eu negar. Pude crer que ele entendeu mesmo o que estávamos fazendo, e que nosso trabalho de 3 semanas de preparação, havia dado resultado. Outra vez, ao despertar, não queria nenhuma posição, as lágrimas começaram e eu, do nada, comecei a cantar “brilha, brilha estrelinha….”, no mesmo segundo ele deitou no meu peito e dormiu….. assim seguimos toda noite.

Dormir a noite toda
Consultoria de sono

Acredito que era 6 da manhã ou mais, despertou e vi a claridade do sol na janela! O mostrei e falei: oba, agora tem sol! Tem tetê! Ele mamouuuuuu e dormiu!

O coloquei na cama, deitei no colchão e aí dormi tranquila. Eu estava feliz por nós dois. Estava tranquila e orgulhosa por nós dois. Senti, no meio da noite, que aquela empreitada era nossa, minha e dele. Que sempre éramos eu e ele, meu tetê para ele! Que meu sonho sempre foi dar de mamá para ele, e que o desmame noturno deveria ser meu e dele juntos, como começou. Que o momento fosse especial como seu começo. Que o papai nos ajudaria no outro dia, no dia a dia da casa, no dia a dia com o bebê e para meu descanso! E  das minhas costas, que estava moída por causa da rede. As 8:30 o bebê acordou de vez! Dei os parabéns a ele pela nossa noite! Mostrei o sol! (Estava chovendo agora!), dei mamá de novo e fomos acordar o papai para contar a novidade! O papai havia trazido um presente para ele de SP, então ele o elogiou e deu o presente.

Sim, vencemos a primeira noite!

A noite seguinte foi melhor, agora seguimos em frente.

Precisa ajuda com o sono?

A consultoria Mães com Ciência pode ajudar com o sono e ajustes na amamentação.  Saiba como funciona aqui ou  Agende uma consulta virtual aqui

Texto adaptado de Zioneth Garcia

2 comentários

  1. Nossa…sonho!

    Lindo relato! Muito amoroso!

    Estamos nesse processo também, e também aproveitamos o feriadão do carnaval…maaas…quando ele acorda de madrugada, se ele não me vê, resmunga um pouquinho, mas dorme com o papai. No entanto, se ele me vir, chora compulsivamente até eu dar o peito…tentei dar água, cantar, mas ele só dorme novamente no meu colo se mamar… 😦

    Dicas, please?!

    Curtir

    • Olá Fernanda, a solução está bem na frente, pelo menos até firmar bem o ritmo o ideal é que seja o pai a acudir ele de noite.
      E mesmo que tenha que ser vc, não oferece, mostra que tem tudo o aconchego materno que ele precisa sem precisar mamar. Usa pijamas bem cobertas e avalia o padrão de comportamento frente ao choro que tem de dia.
      Se de dia acontece muito acalmar ele no seio, a tendencia será procurar o mesmo de noite. Mas se introduz de dia outras formas de consolo, de noite poderá usar as mesmas.
      O desmame noturno também deve vir acompanhado de mudanças na rotina e principalmente da forma como ele é colocado para dormir dia e noite. Pelo seu relato parece ter uma forte associação do sono com a sucção do seio, por isso com vc não rola dormir sem mamar, e é importante que os dois, vc e seu bebê, descubram novas estrategias para tal.

      Precisando ajuda a consultoria do Mães com Ciência está a disposição.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s