Você pode cuidar da sua saúde e aparência durante a amamentação

A grande maioria de medicamentos são completamente compatíveis com a amamentação, porém, um mito bastante comum, que prejudica a amamentação, é que é preciso desmamar ou interromper a lactância para realizar tratamentos médicos, odontológicos ou estéticos. Estar amamentando não é nenhum impedimento para cuidar da saúde ou da aparência; a grande maioria de tratamentos médicos, odontológicos e estéticos são SIM possíveis durante todo o período de lactância. 

O número de mulheres que desmamam os seus filhos para utilizar medicamentos é significativo. Pesquisas em muitos países estimam que 90 a 99% das mulheres que amamentam receberão pelo menos alguma medicação durante a primeira semana pósparto. Outros estudos sugerem que o uso de medicamentos é uma das principais razões pelas quais as mulheres interrompem a amamentação prematuramente¹.

Nada impede uma mãe lactante de fazer tratamento dentário tomando anestesia local, cuidar dos seus sintomas da gripe (apenas deve olhar que o anti-histamínico do antigripal que escolheu seja compatível), tratar uma infecção com antibióticos, melhorar sua dor com analgésicos ou anti-inflamatórios e, em geral, realizar qualquer tratamento médico (mesmo que este incluía intervenção cirúrgica) ou exames diagnósticos com contraste. Na dúvida, e caso seu médico se negue lhe prescrever um medicamento ou indicar o tratamento sob a condição de desmamar, sugiro que verifique as opções junto ao profissional, usando alguma das bases de dados disponíveis ao final desse texto, assim poderá discutir com seu médico os tratamentos alternativos ou verificar se realmente o tratamento é incompatível.

Os tratamentos cosméticos também não são problema, as escovas que utilizam formol não são indicadas, aliás, o formol foi contraindicado pela ANVISA em concentraçõe maiores a 0,2% -0,5%, em qualquer cosmético, devido ao alto risco de intoxicação, ele é altamente cancerígeno e danifica fortemente as mucosas e a pele. Nem mesmo mulheres não lactantes deveriam se submeter à escova com formol. Existem opções mais seguras para realizar relaxamento ou alisamento como a escova de Guanidina, a escova de ácido acético, entre outras. Consulte ao seu cabeleireiro essas opções. Pintar o cabelo também pode, apenas se recomenda manter a área do peito limpa e longe das tintas e tomar um bom banho antes de voltar a segurar o bebê para evitar os cheiros fortes.

Resultado de imagem para Mãe amamentando no médico

O clareamento com peróxido de hidrogênio ou com hidroquinona também pode ser feito pela lactante. Deve ser evitada a região dos seios e fazer uma boa limpeza antes de amamentar, novamente evitando os cheiros fortes. Procedimentos estéticos como drenagem linfática, acupuntura, carboxiterapia e tatuagens estão liberados, apenas deve ser evitado que esse tratamentos aconteçam na região dos seios. E é claro, verificar sempre que tais procedimentos sejam feitos por profissionais que seguem todas as normas sanitárias vigentes.

Só a bula do medicamento ou produto não contêm informação suficiente. A maioria de fabricantes só menciona “consultar o médico em casos de amamentação” ou incluem as informações sobre riscos durante a lactância junto com a informação para gestantes, apenas por falta de estudos específicos para amamentação, o que tem contribuído em grande parte à propagação do mito que a lactante “não pode”. O melhor é sempre consultar as bases de dados disponíveis e compartilhar a informação com os profissionais que lhe atendem. Existem várias que oferecem até aplicativos para celular para fácil conferência pelos profissionais. Conheça seguindo os links para alguns deles aqui:

1- Amamentação e Uso De Medicamentos E Outras Substâncias – É uma lista criada pela Fiocruz em parceria com o Ministério da Saúde sendo a referência para o atendimento no Brasil. (última edição em 2010).

2- Uso de medicamentos e outras substâncias pela mulher durante a amamentação :Esse é um documento científico da sociedade Brasileira de pediatria, lançado em agosto de 2017, é um louvável esforço da SBP para contribuir na ampliação da prática da amamentação  no Brasil. Nele se compilam em uma tabela os dados de vários artigos e bases de dados. Por ser um documento da Sociedade Brasileira é uma boa ferramenta para debater e combinar o tratamento mais adequado junto ao seu médico.

3- E-lactancia.org  : devo confessar que é minha favorita. É uma base de dados em espanhol e inglês, que classifica os medicamentos usando seus nomes comerciais, princípios ativos e efeito, é atualizada frequentemente por pediatras, na medida que as informações são disponibilizadas na LactMed. Essa base de dados e mantida pela APILAM (organização sem fins lucrativos).É de graça, disponível para todos os públicos, e muito fácil de usar por mães, grupos de apoio e profissionais.  Tem até app para celular!

4- LactMed (Drugs and Lactation Database)  : é uma base de dados para profissionais da saúde mantida pela US National Library of Medicine e oferece enlace com diferentes bases de dados científicas com artigos e estudos confiáveis sobre os fármacos.

5- Medications & Mothers’ Milk :Essa é uma base de dados online,criada e mantida pela Springer Publishing Company. Usa as informações da Lactmed também, é dirigida principalmente para profissionais e instituições. Para acessar é preciso realizar subscrição. Pessoalmente não usei, mas parece ser muito boa.

Citações no texto:

1- Sociedade Brasileira de Pediatria. Documento científico:Uso de medicamentos e outras substâncias pela mulher durante a amamentação. Disponivel em: http://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/Aleitamento_-__Uso_Medicam_durante_Amament.pdf

Texto de Zioneth Garcia.

Precisando ajuda?

A consultoria Mães com Ciência pode ajudar no sono, volta ao trabalho, desmame, desfralde e disciplina positiva. Saiba como funciona aqui ou  Agende uma consulta virtual aqui.

 

Editado e atualizado em 8 setembro de 2017 para Mães com Ciência.
Editado e atualizado em 25 de junho de 2015  para Geração Mãe,
Originalmente postado em 5 julho de 2014 para o Grupo virtual de amamentação. 

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s