Quantidade de sono necessário para bebês e crianças pequenas

A importância do sono

O sono saudável requer duração adequada, tempo apropriado, boa qualidade, regularidade e ausência de distúrbios do sono. De acordo com Academia Americana de Medicina do Sono (AASM) a duração adequada do sono de acordo com a idade leva a uma melhor atenção, comportamento, aprendizagem, memória, regulação emocional, qualidade de vida e saúde mental e física.

É durante as fases de sono profundo que acontece a secreção de hormônio de crescimento e leptina (hormônio regulador de apetite). Quando as crianças não dormem tempo suficiente ou dormem de forma desorganizada podem apresentar picos de irritabilidade mais acentuados, apetite insaciável (pela baixa secreção de leptina), alterações no ritmo metabólico até problemas de crescimento.

Foto por William Fortunato em Pexels.com

Qual a quantidade recomendada de sono?

Academia Americana de Medicina do Sono (AASM), em apoio da Academia Americana de Pediatria (AAP), descreve a duração do sono recomendada para crianças desde bebês até adolescentes. As diretrizes, “Quantidade recomendada de sono para populações pediátricas” foram publicado 13 de junho de 2016 no Journal of Clinical Sleep Medicine (disponível aqui). O grupo de consenso recomenda as seguintes horas de sono, mantidas em uma rotina regular:

  • Crianças 0-4 meses: não há consenso devido à ampla gama de variações normais de duração e padrões de sono. Ter um padrão regular que favoreça o bom descanso familiar é o ideal.
  • Crianças 4 a 12 meses: 12 a 16 horas  por dia (24 hs). Isto inclui sonecas e sono noturno.
  • Crianças 1 a 2 anos: 11 a 14 horas  por dia (24 hs). Isto inclui sonecas e sono noturno.
  • Crianças 3 a 5 anos: 10 a 13 horas  por dia (24 hs). Isto inclui sonecas e/ou sono noturno.
  • Crianças 6 a 12 anos: 9 a 10 horas  por dia (24 hs). Isto inclui sonecas e/ou sono noturno.

Vale ressaltar que não se fala mais em números absolutos. Ao falarmos de intervalos, reconhecemos que existem variações normais em função do desenvolvimento, o que envolve fatores genéticos, ambientes e fases de desenvolvimento. Ou seja, não vale a pena comparar a quantidade de sono que seu filho tem, com a quantidade de horas de sono do filho do vizinho, cada criança tem seus histórico biológico-familiar, nem mesmo entre crianças da mesma família podemos realizar comparações, cada filho nasce em um ambiente completamente novo.

A construção de  hábitos de sono saudáveis acontece desde os primeiros dias de vida, o padrão de sono vai mudando conforme a criança cresce, como pais e mães, nossa labor é identificar e acompanhar tais mudanças para poder realizar os ajustes na rotina da criança e na rotina familiar, a fim de favorecer o bom descanso.

Mudanças de rotina esperadas nos primeiros anos

  • RN – 4 meses: Não tem uma rotina fixa, vão aumentando gradativamente o intervalo de tempo despertos. Sendo de 1h nos primeiros dias até 2h 30 próximo dos 4 meses.  Podem fazer 3- 6 sonecas por dia. A duração ideal das sonecas é de 40 min – 2 h, cada
  • 4- 6 meses: três sonecas curtas (40 min – 1h) , sendo meio da manhã, começo da tarde e final da tarde. Ou duas sonecas longas (até 2h) . Os intervalos despertos podem ir de 2h 30 até 3 hs facilmente.
menino com ursinho
  • 8- 12 meses : duas sonecas, sendo uma no meio da manhã, após o lanche acordando pouco antes do almoço, e outra no meio da tarde, depois do lanche da tarde. Os intervalos despertos podem ir de 4h até 5h facilmente. A duração ideal das sonecas é de 1 – 2hS  cada.
  • 14 -18 meses : a soneca da manhã desaparece, passando ser apenas uma soneca após o almoço, acordando para a hora do lanche da tarde. Os intervalos despertos podem ir de 5h até 6h facilmente. A duração ideal é de 1h 30 min – 2 h 30 min cada.  
  • 28-36 meses : A duração da soneca começa diminuir diminuir a sua duração progressivamente (40 min – 1 h ) e o tempo despertos pode oscilar de 7-8 h seguidas, passando alguns dias sem fazer a soneca. Nessa fase é importante evitar sonecas no fim da tarde, se necessário apenas fazer um pequeno cochilo (20-30 min) garantindo que exista um intervalo de pelo menos 3 h entre o despertar desse cochilo e o sono noturno.
  • Até 48 meses: A soneca pode parar, passando ter um sono noturno mais comprido, começando mais cedo, logo no começo da noite, até o começo da manhã (10-12 h de sono noturno).  

Como saber que seu filho ou filha está dormindo suficiente?

Lembre sempre que a quantidade de descanso que cada organismo precisa depende de fatores ambientais e genéticos. Assim, na hora de ajustar a rotina de sono da criança é importante considerar sua idade, fase de desenvolvimento, rotina familiar e hábitos de descanso da família. Em outras palavras, a fruta não cae muito longe do pé, se vocês pais, precisam dormir muito ou pouco, seus filhos irão tender ao mesmo comportamento.

A criança está dormindo bem se: o crescimento e desenvolvimento estão adequados para idade, seu humor ao longo do dia é bom, não sendo irritada e chorosa o tempo todo, sua saúde é boa (lembre que sono está associado ao sistema imunológico), seu apetite é adequado (lembra da leptina?). E é claro, está dormindo bem se você, que cuida dele, está com seu descanso em dia.

Não desista do bom descanso. Nunca é tarde para avaliar e corrigir os problemas de sono, os hábitos de sono se constroem a partir da repetição constante de uma boa rotina. Se precisa procure ajuda.

Precisando ajuda ?

A consultoria Mães com Ciência pode ajudar no sono, amamentação, desmame, desfralde e educação positiva. Saiba como funciona aqui ou  Agende uma consulta virtual aqui.

Referências:

Paruthi S, Brooks LJ, D’Ambrosio C, Hall WA, Kotagal S, Lloyd RM, Malow BA, Maski K, Nichols C, Quan SF, Rosen CL, Troester MM, Wise MS. Recommended amount of sleep for pediatric populations: a consensus statement of the American Academy of Sleep Medicine. J Clin Sleep Med 2016;12(6):785–786. (disponível aqui)

Nunes ML, Bruni O. Insomnia in childhood and adolescence: clinical aspects, diagnosis, and therapeutic approach. J Pediatr (Rio J). 2015;91:S26—35. DOI: http://dx.doi.org/10.1016/j.jped.2015.08.00

Texto por Zioneth Garcia – Atualizado jul/2022

4 comentários

  1. Minha bebê tem 8 meses e meio e há uma semana está fazendo apenas uma soneca, por volta das 14h. A noite dorme entre 19h-20h e acorda definitivamente entre 07h-08h. Hj tentei manter as duas sonecas faZendo ela dormir por volta das 11h, mas durante a tarde não dormiu e a noite ficou estressada. É normal ela já ter partido pra 1 soneca? Devo insistir q ela faça 2?

    Curtir

    • Olá Anna Carolina,
      Com 8 meses e o histórico de estresse a noite , acredito que pode estar sentindo falta de uma segunda soneca. Uma Às 11, de pelo menso 1h, com isso a outra seria por volta das 16, e sono noturno às 20h… Mas seria ideal avaliar como está a rotina, aleitamento, refeições, atividades e o processo de adormecer. Para poder identificar fontes de estresse e lhe ajudar corrigir.
      A consultoria de sono pode ajudar. Fico a disposição

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s